Brigas no Hóquei no Gelo

Veja que, ao contrário do futebol, o rei dos esportes, no hóquei não existem aquelas incontáveis demonstrações de fraqueza e boiolagem, com jogadores se atirando ao chão e chamando a mamãe e o massagista pra cuidar da virilha.

Vendo um vídeo hoje sobre esse magnífico esporte, onde aconteceram 4 brigas em 4 minutos resolvi procurar um esclarecimento maior sobre o tema e aí vai:

Paulo Antunes – colunista do IG esportes

Na NHL, liga americana, a troca de socos entre os jogadores é liberada, mas há um “regulamento informal”, uma espécie de código de conduta, que é respeitado por todos. Não pode usar o taco, chutar com os patins ou quem está no banco invadir a quadra.

A briga também só acontece quando os dois jogadores concordam (verbalmente ou fisicamente) com o ato. Eles tiram as luvas, jogam o taco no chão e partem para o confronto. Os juízes não interferem na briga até que um dos jogadores caia ou perca o capacete. Ao fim da briga, os jogadores que se envolveram são punidos e devem ficar alguns minutos no banco de reservas e o a partida continua normalmente, como se nada tivesse acontecido.

Uma das brigas que entraram para a história do esporte aconteceu no continente europeu, durante a final do Campeonato Mundial Junior de 1987, em Piestany, na República Checa. O jogo entre Canadá e União Soviética entrou para a história com uma briga de 20 minutos, envolvendo todos os jogadores em campo e no banco de reservas.

Os soviéticos, que não estavam acostumados com as “regras informais” da briga no hockey, partiram para cima dos canadenses sem piedade e a briga virou “vale-tudo”. O confronto ficou conhecido como “Porrada em Piestany” (“Punch-up in Piestany“) e causou a eliminação das duas seleções do Mundial.

Sem conseguir conter os ânimos dos jogadores, os árbitros pediram o desligamento das luzes do ginásio para tentar apartar a briga. A medida, no entanto, só piorou a situação e a porrada continuou mesmo no escuro. Quando as luzes foram acesas, dezenas de luvas, tacos e capacetes estavam espalhados pelo gelo e os jogadores continuavam trocando socos.

Veja abaixo o video desse combate:

Esse é o vídeo das 4 brigas em 4 minutos. Foi no dia 3 de Fevereiro de 2011, entre o Dallas Stars e Boston Bruins

Sobre Leandro Osti
Licenciado em Educação Física pela UEL Mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa (FMH/UTL) Atua nas áreas de consultoria de gestão e marketing para academias, treinamento de professores para academias, treinamento personalizado e blogueiro Contato: acido.latico@yahoo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: