Musculação deixa o corpo travado?

Você está cansado de treinar duro e ouvir dos menos esforçados que “assim vai ficar travado”. Eles te perseguem dizendo que quem levanta pesos perde flexibilidade?  Se a resposta é sim você certamente se interessará por esse artigo de James Whitehead, da Universidade da Dakota do Norte.

 A pesquisa ainda não foi publicada (apesar de existirem outros estudo que concluem a mesma coisa), porém o autor falou sobre os resultados no 57º Encontro Anual do ACSM, em Baltimore, em junho de 2010.

Whitehead realizou sua experiência com 3 dúzias de estudantes. Um terço deles não fez nada durante 5 semanas (grupo controle). Um terço realizou sessões de alongamentos estáticos (o método mais comum) para os músculos e ligamentos dos joelhos, quadril e ombros. O último terço realizou sessões de treinamento resistido (musculação) para os mesmos músculos do grupo que alongou, durante as 5 semanas.

 O pesquisador mediu a flexibilidade dos voluntários antes e depois das sessões de treinamento. Ele verificou que os alongamentos não melhoraram a flexibilidade do quadril, e a musculação sim.

Quanto aos músculos da parte de trás da coxa, tanto os alongamentos quanto so pesos evoluíram a flexibilidade de forma equivalente. E compensação, a articulação do ombro não melhorou nada em nenhum dos casos.

 “Nossos resultados sugerem que o tgreinamento com pesos pode melhorar a flexibilidade tão bem, ou talvez melhor, do que os tradicionais alongamenos estáticos”, resume Whitehead. “As pessoas não precisam se preocupar em realizar exerícios de alongamento, se estão engajadas na musculação”.

A agência de notícias de saúde WebMD pediu um comentários de William Lunn, da Universidade de Connecticut. Lunn não se surpreendeu com os resultados da pesquisa. “Se você faz um treinamento resistido, com atenção especial à amplitude dos movimentos, você ficará mais flexível”. “Veja os atletas de levantamento olímpico. Eles são extremamente fortes, mas também são extremamente flexíveis”.

do editor: Ninguém está falando que não é pra alongar nunca mais. O que acontece é que, se a técnica adequada de execução dos exercícios for respeitada, o indivíduo ficará mais flexível, além de mais forte.

Ou seja: O treino de força ajuda a destravar, e não o contrário. Muitos sabichões pregam por aí que a musculação trava, utilizando uma preconceituosa “lógica” da sabedoria popular do fitness.

adaptado de ergolog.com

artigo em medicinenet.com

Sobre Leandro Osti
Licenciado em Educação Física pela UEL Mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa (FMH/UTL) Atua nas áreas de consultoria de gestão e marketing para academias, treinamento de professores para academias, treinamento personalizado e blogueiro Contato: acido.latico@yahoo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: