Quanto tempo a gordura demora para voltar após a lipoaspiração?

Se você faz uma lipo e não muda os hábitos de vida, quanto tempo demora para tudo voltar ao normal?

Teri L. Hernandez e colegas recentemente realizaram  o primeiro estudo de lipoaspiração para

Hummm, que gordurinha gostosa!

responder a esta pergunta. Os participantes foram selecionados aleatoriamente para receber ou lipoaspiração, ou não. Todos eles foram instruídos a não fazer quaisquer alterações de estilo de vida para a duração do estudo, e a gordura corporal foi medida em seis semanas, seis meses e um ano através do exame DXA (absorciometria de feixe duplo).

Em 6 semanas, o grupo de lipoaspiração estava significativamente mais magro do que o grupo controle, pois havia acabado de sugar as gordurinhas. Após 6 meses, a diferença entre os dois grupos havia diminuído. Após um ano, a diferença diminuiu  ainda mais, não sendo mais estatisticamente significativa. Além disso, o grupo da lipoaspiração recuperou a gordura desproporcionalmente na área abdominal, que é mais perigoso do que onde estava antes de ser lipoaspirada. Os investigadores declararam:

“Conclui-se que (a gordura corporal) não só é restaurada aos níveis basais nas mulheres não-obesas após lipoaspiração de pequeno volume, mas é redistribuído na região abdominal.” Isso quer dizer que o estudo retirou gordura de varias regiões do corpo (inclusive a barriga) e após um ano aquela banha toda voltou, porém não da mesma forma que estava antes da cirurgia. A barriga ganhou mais gordura que as outras regiões lipoaspiradas.

Isto é consistente com estudos em animais mostram que quando você remove cirurgicamente gordura, a massa gorda total se recupera e se torna igual a de animais que não tiveram gordura removida. O organismo ativa os mecanismos de regulação da homeostase para suprir o déficiti. Por isso, qualquer medida satisfatória para o controle da gordura corporal deve obrigatoriamente passar por outro mecanismo de regulação, ou seja, dieta e exercício.

A lipoaspiração é um interessante método para melhoria da estética corporal. Entretanto, como pudemos ver nos estudos citados, se não houver nenhum tipo de mudança no cotidiano da pessoa, a banha geralmente volta após 1 ano da cirurgia.

A gordura aspirada não foi acumulada no corpo por acaso, ela é resultado de muito trabalho comendo na frente da TV. E se esse trabalho continua após a cirurgia, a tendência lógica é ela voltar. De um jeito ou de outro, para termos uma real mudança na nossa aparência, devemos ter também uma mudança no nosso cotidiano. Sem isso o efeito é passageiro.

Fonte: PUBMED 1 2

adaptado de wholehealthsource.blogspot.com

Sobre Leandro Osti
Licenciado em Educação Física pela UEL Mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa (FMH/UTL) Atua nas áreas de consultoria de gestão e marketing para academias, treinamento de professores para academias, treinamento personalizado e blogueiro Contato: acido.latico@yahoo.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: