É possível ter um físico olímpico após uma infância obesa?

Esse post é dedicado a todos aqueles que lutam diariamente para se sentirem bem consigo mesmos.

O atleta Evan Centopani, uma das mais novas promessas do bodybuilding profissional passou por isso. Ele teve uma infância passada no corpo de um desses gordinhos de apartamento, com tetinhas, celulite na barriga entre outras características deprimentes.

Por volta dos 14 -15 anos, ele deciciu correr. A primeira vez foi bem decepcionante, cerca de 800 metros. Ao fim de um ano ele já corria diariamente 8 km, e perdeu 30 kg.

Essa história é para quem se esconde atrás da “genética desfavorável”. Centopani ficou em 4º lugar no Arnold Classic de 2011.

Você pode conferir essas e outras fotos no site do atleta

Sobre Leandro Osti
Licenciado em Educação Física pela UEL Mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa (FMH/UTL) Atua nas áreas de consultoria de gestão e marketing para academias, treinamento de professores para academias, treinamento personalizado e blogueiro Contato: acido.latico@yahoo.com

One Response to É possível ter um físico olímpico após uma infância obesa?

  1. Meu irmão quem o diga, era magrelo quando criança, osso sobre osso e hoje em dia é o maior cara que eu já vi O:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: