Anderson Silva no Fantástico e os brasileiros malas que não sabem perder

Derrota-de-Anderson-Silva-2A entrevista do campeão no Fantástico sobre sua derrota  por nocaute foi repleta de pérolas:

“Foi um golpe que eu nem vi”

“Perdi pra mim mesmo”

“Não fico mais nervoso, isso já passou”

“Os fãs mostraram que eles não são tão fãs assim”

Anderson também disse que não desrespeitou Weidman e, pra arrematar falou que Muhammad Ali é a única pessoa que ele talvez aceitasse uma crítica.

o Lutador perdeu uma excelente oportunidade de enfiar o rabo no meio das pernas e assumir publicamente que fez cagada. Podia ter dito algo do tipo: “desculpe aos fãs que acompanham o MMA e que esperavam a minha vitória. Infelizmente eu errei e fui nocauteado. Mas vou voltar lá dia 28 de dezembro e arrancar a cabeça do Weidman, podem apostar”.

Mas não foi assim, ele apareceu em rede nacional e só falou bobagem. Está bem claro que Anderson não faz a menor ideia do que ele representa e nem do tamanho do esporte que ele pratica. Suas declarações na entrevista não foram a de uma campeão, e sim de um mimado que perdeu a cinta por uma bobeira. A assessoria de comunicação do atleta ganhou o cinturão de pior de todos os tempos.

Fazendo uma pausa nas críticas, Anderson é o melhor de todos. Na minha opinião ele bate no Jon Jones e no JSP. Sem dúvida o melhor que já passou pelo MMA, ponto final.

Outra coisa que é bom esclarecer. Luta combinada não termina com um nocaute daquele jeito, quem acha que não, veja de novo. Se fosse combinado ele ia resistir até o último round e ia “ser finalizado”, ia valorizar a luta. Ele perdeu sim, foi desligado e ainda tomou umas já caído no chão. Os brasileiros não aceitam a derrota. Quando a seleção foi atropelada pela França na final da copa de 98, milhares de teorias surgiram. Que o Ronaldo tinha sido comprado, que a Nike fez isso e aquilo e até que a FIFA não permitiria que o Brasil fosse Hexacampeão, pois deixaria as outras seleções muito atrás no número de títulos. Coisa de mau perdedor

Interessa muito mais ao UFC mantê-lo campeão e casar a as lutas dele com Jones e com St. Pierre, lógico. Isso seriam batalhas de campeões. A derrota do Anderson só arranhou o incrível currículo que ele tinha, mais nada.

Aceito opiniões divergentes, desde que se mantenha o nível (claro).

Anúncios

Sobre Leandro Osti
Licenciado em Educação Física pela UEL Mestre em Gestão do Desporto pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa (FMH/UTL) Atua nas áreas de consultoria de gestão e marketing para academias, treinamento de professores para academias, treinamento personalizado e blogueiro Contato: acido.latico@yahoo.com

One Response to Anderson Silva no Fantástico e os brasileiros malas que não sabem perder

  1. rafaelmeijer says:

    Concordo, também acho ele o melhor e me frustrei muito com essa luta e tive muita raiva dele…
    Mas dia seguinte vendo os highlights de outras lutas passadas e analisando melhor mudei de ideia e acho que foi uma puta luta foi emocionante mesmo que essas emoções foram de raiva RSRS…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: